A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul inaugurou a 33ª Sala Lilás, destinada ao acolhimento de mulheres, crianças e adolescentes, vítimas de abuso e violência, em Batayporã, cidade localizada a 312 quilômetros de Campo Grande, na manhã desta quinta-feira (16).

Esta já é a 8ª sala inaugurada somente neste ano, o que reforça o compromisso da Polícia Civil com a população. A inauguração desta quinta (16) contou com a presença do Delegado-Geral Roberto Gurgel Oliveira Filho, que destacou a importância da Sala Lilás.

“As Salas Lilases são espaços acolhedores e seguros, destinados a oferecer atendimento especializado às vítimas de violência doméstica, familiar e sexual e tem se tornado um símbolo de esperança e respeito em todo o Estado”.

(Divulgação, PCMS)

O delegado garante que toda a assistência será dada para quem precisar de atendimento na Sala Lilás. “Elas oferecem um ambiente confortável e confidencial para que as vítimas se expressem e recebam apoio psicológico, jurídico e assistencial. Além disso, esses locais permitem que as denúncias sejam feitas de maneira mais segura, favorecendo a coleta de provas e o encaminhamento das questões”.

Outras 32 cidades já receberam a instalação das salas, são elas: Ribas do Rio Pardo; Rio Negro; Água Clara; Amambai; Caarapó; Bonito; Terenos; Maracaju; Nova Alvorada do Sul; Deodápolis; Glória de Dourados; Costa Rica; Angélica; Ladário; Camapuã; Eldorado; Iguatemi; Bandeirantes; Sonora; Chapadão do Sul; Miranda; Porto Murtinho; Anaurilândia; Anastácio; Paranhos; Selvíria; Sidrolândia; Brasilândia; São Gabriel do Oeste; Ivinhema; Itaporã, Jateí e agora o município de Batayporã.

Para a polícia, a inauguração é mais um passo significativo em direção a um estado mais seguro e justo para a população.