Homem de 55 anos foi condenado a cumprir quatro anos de prisão, por tentar matar a esposa incendiada em . O crime aconteceu em novembro de 2020, na residência do casal no Parque do Lageado.

Conforme detalhes da denúncia, o crime aconteceu em 22 de novembro de 2020, por volta das 17 horas. O casal já estava junto há 11 anos e tem um filho.

No entanto, o relacionamento sempre foi marcado por brigas e agressões por parte do acusado. Por isso, a vítima tentava se separar, mas era ameaçada de morte constantemente.

No dia do crime, o casal assistia televisão, quando o suspeito embriagado iniciou uma discussão. Tudo porque ele queria ver outro canal.

Assim, o homem pegou um frasco de álcool e jogou sobre a mulher, na cabeça da vítima. Ele gritava que iria matar a vítima e a empurrou até o fogão, que estava ligado.

A mulher teve parte do corpo queimado e correu até o banheiro, ligando o chuveiro. Com isso, sofreu graves ferimentos, mas sobreviveu.

O caso foi tratado como tentativa de feminicídio, qualificado por motivo fútil e de fogo. O autor foi condenado e, conforme a fixada pelo Aluizio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, cumprirá quatro anos e 8 meses em regime semiaberto.