O malote com R$ 35 mil, roubado na tarde dessa sexta-feira (19) no Bairro Jardim Itamaracá, faria o pagamento de cerca de 40 funcionários. O proprietário da construção do pequeno condomínio de casas costumava fazer os pagamentos semanalmente às sextas e a suspeita é de que os autores conheciam a rotina do local.

Apesar do expediente ser apenas de segunda à sexta, na manhã deste sábado (20) cerca de seis funcionários estavam na , aguardando o pagamento, já que o proprietário afirmou que “ninguém ficaria sem receber”, mesmo após o roubo.

O proprietário foi roubado minutos após chegar com o malote e ainda estava em frente à obra. “Foi uma correria, quem conseguiu correr correu, mas ficou todo mundo muito assustado”, disse um dos funcionários, que não será identificado.

Os funcionários suspeitam de que os autores sabiam que o pagamento seria feito naquele horário e que algum ex-funcionário ou conhecido possa ter repassado informações sobre os salários. Os autores ainda não foram localizados.

Câmeras flagraram ação dos bandidos

Câmeras de segurança flagraram o momento em que dois dos autores descem do carro, um VW Gol branco, e abordam um homem, que estava em frente à construção.

Dois passageiros descem, enquanto o motorista permanece no carro. Um deles pega o malote e o outro aborda o motorista de um carro de cor escura que estava conversando com a vítima, momentos antes.

O trio estaria armado com pistolas e revólveres e encapuzados. Na esquina é possível ver dois grupos de pessoas, sendo que o primeiro corre na direção oposta e outro permanece encostado em um veículo. 

Confira o vídeo: