A mãe da jovem de 28 anos, que gritava por socorro, foi quem chamou os policiais militares na madrugada desta quinta-feira (30), para o bairro Jardim Canguru, em . A ação acabou em confronto e na morte de Jean, de 31 anos, marido da jovem.

Os policiais chegaram ao condomínio por volta da 1 hora da madrugada e ouviram gritos de dentro do apartamento com ameaças de: “eu vou te matar”. Neste momento, os militares arrombaram a porta e flagraram o autor descontrolado e com uma faca nas mãos. No local, além da mulher, estavam três .

Os militares pediram para que a mulher e as crianças fossem para o quarto para não serem feitos como reféns pelo homem. Foi pedido para que ele largasse a faca, mas o autor desobedeceu e passou a cortar a tela de proteção da janela do apartamento.

Momento em que a mulher saiu do quarto e foi pedido novamente para que ela voltasse para o cômodo. O autor, então, aproveitou o momento para tomar a do policial e apontar para o militar. Foi feito um disparo contra o autor que caiu no chão, e mesmo assim continuou apontando a arma e mais um disparo foi feito.

Jean chegou a ser socorrido e levado para a (Unidade de Pronto Atendimento) do Universitário, mas morreu. A mulher foi levada para atendimento, já que estava com um corte no pé.

O autor estava foragido e, segundo a mãe da mulher, as brigas eram constantes entre o casal. Ele teria duas passagens por roubo.

Saiba Mais