Polícia deu cumprimento de mandado de contra um homem de 45 anos sentenciado a 12 anos de prisão por estuprar a própria filha, em 2015, na época com 15 anos, em cidade de MS. Policiais civis do NIP (Núcleo de Investigação Policial) da Delegacia Especializada de à Criança e ao Adolescente, em ação integrada da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher, Primeira Delegacia de Polícia e Seção de Investigações Gerais da DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) deram cumprimento e o prenderam.

Segundo a polícia, as equipes realizaram buscas e o localizaram, em local onde ele prestava serviços em um estabelecimento comercial há quatro meses. Ele também já havia sido alvo da Operação Acalento da DEPCA no ano de 2022.

O acusado foi encaminhado ao sistema prisional onde permanecerá à disposição da Justiça. Esta é mais uma das ações desenvolvidas pela Polícia Civil do Estado de Mato Grosso do Sul, integradas à Operação Átria desenvolvida pelo e Secretaria Nacional de Segurança Pública.