O homem, de 42 anos, preso por furtar carros em uma área universitária em Dourados, a 225 quilômnetros de , teve a prisão preventiva decretada pela juíza substituta da 1ª Vara Criminal, Ana Carolina Farah Borges da Silva, nesta quinta-feira (30). A mulher dele, de 35 anos, que também estava pressa foi liberada.

A suspeita passou por audiência de custódia e teve a prisão domiciliar concedida pela juíza. Ela tem dois filhos, um de 19 anos e outro de um ano. Ela foi liberada com o uso de tornozeleira eletrônica. E

Prisão

O casal foi preso por furto qualificado na noite dessa quarta-feira (29). Investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) conseguiram flagrar o momento em que o suspeito tentava arrombar um veículo Gol, que estava estacionado nas proximidades da Unigran (Universidade da Grande Dourados).

Ao perceber a presença dos policiais, ele fugiu veículo Pálio, mas acabou localizado em um bar nas proximidades. Ele estava com a mulher e do filho do casal, uma de um ano. A mulher também era investigada pelos furtos.

Conforme as investigações, a suspeita foi gravada por circuito de segurança durante a participação de um furto ocorrido no dia 2 de novembro na mesma região onde foram presos. Os dois foram detidos e levados para Depac (Delegacia de Pronto atendimento Comunitário) de Dourados. O homem teve a prisão preventiva decretada e a mulher foi liberada com uso de tornozeleira eletrônica.

Saiba Mais