Dois irmãos – ligados à facções criminosas, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro – são alvos da Operação Sanctus, deflagrada pela Polícia Federal nesta sexta-feira (8) em , a 225 quilômetros de Campo Grande. Uma outra ação ocorre hoje, na mesma cidade.

As investigações que resultaram na Operação Sanctus revelaram que os suspeitos facilitam e entrada de entorpecentes por , cidade do Paraguai, que faz fronteira com , localizada no sul do Estado.

Conforme as investigações, os irmãos escondiam a em pneus de caminhões de carga. A droga seguia para o interior do e de lá era enviada para o Rio de Janeiro. Eles também faziam lavagem de dinheiro por meio de empresas, em nomes de laranjas, que faziam movimentações em espécie. O dinheiro era depositado em terminais de autoatendimento.

Até o início da tarde, a Polícia Federal cumpriu 21 mandados de busca e apreensão e 3 mandados de prisão temporária, todos expedidos pela 3ª Vara da Justiça Federal em Campo Grande/MS.

Os mandados foram cumpridos em diferentes cidades e Estados. Em Mato Grosso do Sul, as ações ocorrem em Dourados, Guia Lopes da Laguna e Ponta Porã. Em Mato Grosso os federais cumprem os mandados em Feliz Natal e Paratininga, no Paraná a operação segue em Cambé e no Rio de Janeiro em Aruarama e Maricá.

Saiba Mais