Após a confissão de uma mulher que afirmou ter vendido uma joia em uma empresa de celulares, a polícia iniciou diligências e chegou até uma empresa compra e venda de ouro, de dois irmãos, de 33 e 39 anos, que também são gestores da tal loja de celulares em Campo Grande.

A polícia identificou publicações nas redes sociais de anúncios de venda de joias. Em uma das publicações, feita no dia 19 de julho, há um pingente de coração, sendo que uma vítima identificou como sendo dela.

Polícia identificou dono de pingente oferecido por dupla nas redes sociais. (Redes sociais)

Diante das evidências a polícia foi até o salão onde informava ser a loja de celulares de assistência técnica e compra de ouro. No local havia alvará de funcionamento com endereço na Avenida Júlio de Castilho e havia outro imóvel com a mesma numeração, segundo a polícia, não sendo possível identificar os limites de extensão do comercio e da residência.

Nos dois imóveis haviam celulares e joias, sendo o segundo lugar usado para ocultação de objetos furtados. No último local tinha um quarto usado como depósito/escritório, lá a polícia encontrou um revolver da marca Rossi calibre .38 com numeração raspada e cinco munições intactas, além da joia citada no anúncio e outras comprovações de licitude.

No comércio havia ainda um Chevrolet Camaro, de cor vermelha, avaliado em mais de R$ 200 mil.

A dupla afirmou que compra e vende as joias em uma rede com outros comerciantes, além de comprarem produtos prontos, também vendem material para ser derretido, Há ainda quem costuma comprar por encomenda outros produtos para revender, como bebidas alcoólicas, celulares e joias.

Policiais identificaram que dois boletins de ocorrência de furtos de celulares Iphones apresentavam localização através de coordenadas no estabelecimento dos irmãos.

Diante das comprovações, a dupla foi presa e encaminhada para a delegacia em flagrante por receptação qualificada, associação criminosa, posse irregular de arma de fogo de uso permitido e posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.