O irmão de Marcos Paulo Pereira Valdez, de 29 anos, executado com cerca de 13 na madrugada deste domingo (10) no Bairro Vilas Boas em , também foi assassinado em uma emboscada no ano passado.

Márcio Pereira Valdez, de 31 anos, foi assassinado dentro de um ônibus de viagem que fazia a linha Campo Grande à e estava parado em um local que funciona ponto de venda de passagens e embarque de passageiros na Rua Carajás, no Leblon.

Segundo informou o delegado plantonista, Gabriel Desterro, que atendeu a ocorrência sobre o assassinato de Marcos na boate, a suspeita é que as mortes tenham ligação e o crime tenha sido premeditado. “Parece ter sido emboscada. Premeditado. A suspeita é que tenha relação com o irmão e outros negócios do falecido hoje”, informou.

Os irmãos eram de Ponta Porã, porém morreram na Capital.

Emboscada em ônibus

O acusado do assassinato que ocorreu há um ano foi preso. Ele havia sido contratado para cometer o homicídio, sob a promessa de receber R$ 5 mil.

O autor chegou em um veículo gol, de cor preta, entrou no a procura de Márcio e efetuou um disparo em sua direção que o matou no tórax. Saiu correndo e entrou no veículo, onde o mandante o aguardava, ocasião em que falou ao chefe que a havia travado e por isso não conseguiu fazer mais disparos. O mandante então forneceu outra arma para que ele voltasse dentro do ônibus e terminasse o serviço, momento em que foi preso em flagrante. 

A vítima estava com documento falso, mas logo em seguida foi descoberto o verdadeiro nome. 

A suspeita é de que o crime tenha ocorrido por dívidas relacionadas a drogas.