O medo e a insegurança impera no bairro Jardim Canguru, em Campo Grande, onde uma ossada humana foi encontrada na madrugada desta quarta-feira (25). Os restos mortais estavam em um buraco com pedaços de madeira.

Um morador que não quis se identificar disse ao Jornal Midiamax que se sente bastante inseguro, já que o terreno baldio é usado por usuários de drogas que até comercializam entorpecentes no local. Ele ainda falou que muitas pessoas vão até o terreno para fazer baderna.

A equipe de reportagem do Midiamax entrou no terreno baldio e lá encontrou restos de casas demolidas e dois buracos, sendo que um deles estava com marcas de que algo havia sido queimado dentro. Restos de madeiras também foram localizados. 

Outra moradora da região se limitou a dizer que viu viaturas da polícia no local.

Achado de ossada

A polícia chegou até a Rua Betoia após receber uma informação por volta da 1 hora da madrugada que no terreno baldio havia uma ossada humana. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados para o local.

Quando os militares chegaram, encontraram um buraco com restos de madeira queimados e partes da ossada humana. A perícia foi chamada e os restos mortais levados para análise. Não se sabe se a vítima seria um homem ou uma mulher.

Também não há informações de como a vítima morreu, se por facada, tiro ou se havia outro tipo de marca de violência nos restos mortais. 

Possíveis ossos no buraco (Nathalia Alcântara, Midiamax)

Saiba Mais