Foi identificado como Rodrigo da Silva Raimundo, de 40 anos, o homem que morreu após um confronto com a Polícia Militar, nesta quarta-feira (29). A perseguição aconteceu próximo ao córrego Coqueiro, no bairro Taquaral Bosque, na saída para Cuiabá, em Campo Grande.

Rodrigo foi atingido por disparos de de fogo. Ele foi socorrido e levado para o (Centro Regional de Saúde) Nova Bahia, mas não resistiu e morreu pouco depois.

Conforme informações da Polícia, Rodrigo tinha 72 passagens por diferentes crimes, entre eles: roubo, ameaça, violência doméstica, resistência, desacato. O suspeito também estava do sistema prisional.

Perseguição –

De acordo com o boletim de ocorrência, a perseguição começou durante patrulhamento da Viatura de Força Tática do 9º BPM (Batalhão da Polícia Militar). A equipe policial viu um homem com comportamento suspeito e que apresentava um volume na cintura. Ao ser abordado, ele não parou e foi perseguido pelos militares.

Durante a fuga, o suspeito entrou em uma residência sem muro e seguiu por uma área de mata, próxima do Córrego Coqueiro. A equipe policial iniciou um cerco e solicitou apoio adicional, posicionando viaturas nas extremidades da mata.

Os militares encontraram o suspeito e tentaram uma nova abordagem dentro da mata, no entanto, ele desobedeceu e apontou uma arma em direção à guarnição, que reagiu. Durante o confronto, o homem foi atingido pelos disparos de arma de fogo

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol e encaminhado para a 3ª Delegacia de Polícia de Civil de Campo Grande.

Saiba Mais