Um homem de 43 anos procurou a 1ª de Polícia Civil de para denunciar um colega de trabalho. Segundo ele, desde o dia 11 de fevereiro passou a receber ameaças de morte após ter visto um colega de trabalho derrubar uma porção de drogas da mochila.

O denunciante disse que aquele não era local para usar drogas e, a partir de então, o colega passou a ameaçá-lo de morte com ou facadas. Ele chegou a contar para outros colegas que andava armado e que é faccionado.

Ainda segundo relato da vítima na Depac de Dourados, onde o caso foi registrado, as ameaças foram intensificadas depois que o acusado foi demitido do trabalho.