Em Sidrolândia, a 70 quilômetros de , homem de 42 anos foi denunciado por maus-tratos após amputar a pata de um cachorro que sofreu um ataque de um jacaré.

Conforme boletim de ocorrência, o autor foi denunciado de forma anônima. Relatos dão conta de que o cachorro estava andando na fazenda quando foi atacado pelo jacaré. Um funcionário, então, cortou a amputou a pata do animal sem levá-lo a nenhuma consulta veterinária e sem ter conhecimentos sobre técnicas cirúrgicas animais.

Há informações, ainda, de que o cachorro não recebeu nenhum tipo de anestésico ou medicamento para dor. A conduta teria sido adotada para evitar gastos com o animal ferido.