O assassino de Thiago Santos Freitas, 33 anos, se apresentou na nesta segunda-feira (2). Ele entregou a usada no crime que aconteceu na madrugada do último domingo (1º), em , município distante aproximadamente 300 quilômetros de Campo Grande.

Thiago foi morto a durante suposta briga de trânsito. Ele era empresário de uma conhecida lanchonete da Capital. A Polícia de Bonito investiga o caso e preferiu não passar mais informações sobre o depoimento do assassino. A autoridade local adianta que o suspeito foi ouvido e liberado. A usada no crime foi apreendida.

Caso

De acordo com informações da Polícia Civil, a equipe foi acionada por volta da 1h de domingo. No local, testemunhas contaram que a vítima estava em uma caminhonete com a família quando se desentendeu e passou a discutir com um pedestre que passava pela via.

Durante briga, os ânimos se exaltaram e o motorista desceu do veículo. Ao se aproximar do suspeito, foi surpreendido e baleado duas vezes na cabeça.

A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local, mas o atirador conseguiu fugir. O caso foi registrado como homicídio simples.