Um homem de 48 anos foi preso após ser flagrado furtando desodorantes da Lojas Americanas, dentro de um de . À polícia ele contou que está desempregado e venderia os produtos para comprar medicamento do filho, que é especial, que custa cerca de R$ 500.

Em depoimento na delegacia, o homem contou que não é usuário de drogas e que mora com a mãe, irmão e filho, de 7 anos, especial. Atualmente está desempregado e como o filho precisa de um medicamento que custa cerca de R$ 500 decidiu furtar alguns desodorantes para tentar vender.

Ele contou que foi até o local com uma mochila de cor preta e colocou 39 desodorantes dentro, quando foi abordado por um dos seguranças locais, que acionou a Polícia Militar.

O Ministério Público pediu pela conversão da em para prisão preventiva, pois mesmo que ele tenha agido sem ameaça ou agressão, o homem tem outras condenações por crimes contra o patrimônio, sendo reincidente. “Tal circunstância demonstra que ele faz do crime um meio de vida, sendo que a cautelar provisória se faz necessária como garantia da ordem pública”, diz a manifestação do MPE.