Familiares de Rithely Gonçalves Santos, de 30 anos, procuram pelo pedreiro que está há uma semana, desde a última terça-feira (21), no Bairro Itamaracá. O jovem não chegou para trabalhar e a última vez que foi visto, por volta das 23h, estava na companhia de um amigo.

A família registrou boletim de ocorrência de desaparecimento no último sábado (25) após o amigo ter sido visto com a da vítima na quarta-feira (22). “Eu estava dormindo, acordei no outro dia cedo, ele saiu e demorou para voltar, mas não apareceu para trabalhar”, explicou a Silvana Gonçalves dos Santos, de 49 anos.

Ela informou que chegou a ligar para o patrão do filho, que disse que ele não tinha ido trabalhar. Rithely tinha comprado a motocicleta há cerca de 15 dias, segundo a mãe, do próprio patrão, para usar no deslocamento até o serviço.

“O amigo não falou para onde ele tinha ido, só disse que tinha entregado a moto e depois apareceu já sem o Rithely”, explica a mãe. Ela acredita que ele usava um short amarelo colorido, regata e chinelo preto.

“Ele não tem celular, só viram ele saindo à noite. Não temos nenhum parente em outra cidade”, afirma Silvana. Informações sobre o paradeiro de Rithely podem ser dadas à Polícia Civil, ou à Polícia Militar, por meio do 190.