O MPMS (Ministério Público Estadual) deflagrou em Campo Grande, na manhã desta quinta-feira (11), a Operação Araceli contra estupradores de crianças e adolescentes. São cumpridos 11 mandados de prisão e busca e apreensão. 

Os mandados foram expedidos pela Veca (Vara Especializada em Crimes Contra Crianças e Adolescentes) de Campo Grande. A maioria dos mandados são contra alvos condenados por crimes sexuais contra crianças e adolescentes.

Entre os meses de março e abril de 2023, foram presos cerca de 30 condenados por crimes sexuais, os quais já estão cumprindo pena em estabelecimentos prisionais.

Participam da operação 60 policiais militares. A operação também está sendo acompanhada pelo promotor de justiça especializado na repressão aos crimes contra crianças e adolescentes de Campo Grande.

Operação Araceli

O nome da operação é uma referência à morte da menina brasileira ARACELI Cabrera Sánchez Crespo, de 8 anos de idade, assassinada em 18 de maio de 1973. Seu corpo foi encontrado somente 6 dias depois, com marcas de violência e abuso sexual. 

No mês de maio, o dia 18 foi instituído pela Lei Federal n. 9.970/2000, como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual contra Crianças”.