Duas funcionárias, de 22 anos, foram presas em por furto, após uma delas, que é operadora de caixa, registrar menos produtos da compra da comparsa. O caso aconteceu na noite em um hipermercado na em . Durante audiência de custódia nesta sexta-feira (31) a foi liberada mediante medidas cautelares.

As duas foram flagradas na noite de quinta-feira (29) pelo gerente de prevenção do local.

À polícia ele contou que uma das funcionárias realizou uma compra e saiu pelos fundos do estabelecimento, quando ele pediu a nota fiscal da compra e percebeu que havia mais produtos na sacola do que na nota. A jovem contou que chegou a estranhar o valor baixo.

Ao conferir as câmeras de segurança, foi visualizado que a amiga, que é operadora de caixa deixou de passar alguns produtos e logo percebeu que ambas agiram em conjunto na prática de furto, em seguida acionou a Polícia Militar.

A jovem pagou a compra no valor de R$ 49, sendo que somente os produtos não passados na compra totalizaram R$ 110,31, entre filé de frango, minibolo recheado, pacotes de batata congelada e de pão de queijo e leite.

À polícia, a caixa disse que realmente pode ter errado no momento do registro e também negou o furto.

Ambas são amigas há mais cinco anos, moram na mesma região e trabalham há pouco tempo no comércio.

Elas foram liberadas durante audiência de custódia, por terem agido sem grave violência e por terem residência fixa, além da primariedade.