A de um adolescente de 13 anos procurou a delegacia da cidade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, depois de descobrir que o filho havia sido beijado na boca por uma funcionária da escola. O caso foi registrado na segunda-feira (20), como importunação sexual.

O diretor chamou a mãe na escola e contou que durante um churrasco que ocorreu em outubro, a funcionária da cantina da escola beijou o adolescente na boca, e que depois do episódio, o fato se espalhou na instituição de ensino.

Segundo o site JP News, após a conversa com o diretor do colégio estadual, a mulher foi até a delegacia, onde relatou o fato e manifestou o desejo em registrar o boletim de ocorrência por importunação sexual, contra a colaboradora do colégio.

A coordenadora regional de ensino do Estado, Marizete Baze, ressaltou que na época o fato foi debatido entre a mãe do menino, a profissional da cantina e o diretor do colégio. Devido ao caso ter ocorrido fora das dependências da escola e se tratar de algo privado, foi orientado que as partes procurassem a justiça para de fato ser averiguado a suposta importunação sexual.