O médico Gabriel Paschoal Rossi, 29 anos, morador em Dourados, está desaparecido desde sexta-feira (29), quando foi visto pela última vez. Ele cumpriu plantão de trabalho na quarta passada, no hospital Cassems de Dourados.

Natural do Rio Grande do Sul, Gabriel se formou em março deste ano pela UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e também trabalha na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e no Hospital da Vida.

Na sexta-feira era para o médico ter cumprido plantão na UPA, mas não apareceu, bem como no sábado, no Hospital da Vida. Amigos e familiares mantêm contato pelo WhatsApp dele, mas desconfiam que outra pessoa possa estar respondendo.

A família já registrou boletim de ocorrência, mas até o momento não há nenhuma informação sobre o paradeiro do médico.

Policiais foram até o apartamento dele, mas encontraram o local intacto. O carro dele foi rastreado em Guarulhos, São Paulo, e as redes sociais foram deletadas.