A mulher esfaqueada na noite desse domingo (29), em , no Bairro Leblon, pela vizinha de 25 anos, contou ao Jornal Midiamax que já teve jogada na porta de sua casa pela autora, que acabou presa.

A mulher disse que a autora arruma confusão com todos que moram na quitinete, e que em uma das vezes teve gasolina jogada na porta de sua casa. A vítima disse que veio de e está na Capital há 7 meses. 

A vítima ainda relatou que a autora ingere bebidas alcoólicas e depois tem surtos, arrumando confusão com todos os vizinhos. Na briga desse domingo (29), duas mulheres foram esfaqueadas.

A confusão começou por volta das 3 horas da madrugada, quando a polícia foi acionada. Ao chegarem ao local, os militares encontraram a autora imobilizada por populares. As duas mulheres estavam feridas, sendo uma delas com um corte profundo no braço e a outra esfaqueada na perna.

Foi relatado que as mulheres, que moram em quitinetes, já teriam uma desavença, e nesta madrugada passaram a discutir, ocorrendo o esfaqueamento. Não foi revelado o motivo para a briga.

As duas mulheres foram encaminhadas para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Leblon para atendimento médico e a autora para a delegacia.