Dona de bar, que hoje tem 34 anos, foi condenada a cinco anos e 10 meses de pelo assassinato de José Aparecido Ferreira da Silva, de 51 anos, que, de acordo com a acusação, tentou estuprá-la no dia 31 de julho de 2014, em , cidade a 70 quilômetros de Campo Grande.

Conforme a denúncia, na madrugada do dia 31 de julho de 2014, José foi ao bar da jovem, onde tomou uma cerveja e saiu sem pagar R$ 7. Posteriormente, o comércio já estava fechado e a proprietária ficou na varanda do bar em companhia de uma mulher e um cliente, quando José retornou.

A proprietária e José Aparecido discutiram por causa da dívida e, ainda segundo a denúncia, ele avançou contra ela, agarrando-a pela roupa, momento em que o cliente que ali estava o atingiu com uma garrafa na cabeça, fazendo com que o homem caísse ao chão, desacordado.

Ela então armou-se com um canivete e desferiu vários golpes no pescoço de José. Depois, com por cabo de vassoura com lâmina na ponta, golpeou as costas da vítima. Consta dos autos que a própria denunciada acionou a comunicando o ocorrido, sob a alegação que a vítima teria tentado estuprá-la.

Saiba Mais