Nesta segunda-feira (20), dentista procurou a polícia para relatar que foi vítima de tentativa de . Com consultório em um bairro de , ele recebeu ligação de um suposto membro da facção criminosa .

Conforme relato do profissional, ele recebeu ligação na última semana, de um número privado. Então, o suspeito falou que é membro da facção e que estavam arrecadando .

Isso, porque rivais estariam com um “garoto deles”. O valor para liberar o rapaz era arrecadado pelos criminosos nos comércios locais.

“Você não vai participar, não vai dar dinheiro? Tem certeza? É melhor você cooperar. Tá todo mundo dando dinheiro”, disse. Na ameaça, ainda disse que fecharia o comércio da vítima.

O fato foi estranhado pelo dentista, já que o autor sabia detalhes sobre ele e o consultório. Também porque a ligação foi feita no telefone pessoal e não no da clínica.

No entanto, o suspeito não ligou novamente e não foi feita qualquer transferência. O caso foi registrado como extorsão na 6ª Delegacia de Polícia Civil.