Temporal rápido registrado nesta quinta-feira (17), em diferentes regiões de Campo Grande, deixou a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) sem energia elétrica. Até que o serviço seja restabelecido, a orientação é que as denúncias devem ser registradas nas delegacias de área mais próximas.

De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Civil, o serviço pode ser restabelecido a qualquer momento e, enquanto isso, a delegacia mantém os trabalhos de acolhimento e orientações às vítimas.

Quanto aos casos de flagrantes, os registros serão realizados na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol. Uma coletiva de imprensa estava agendada para esta tarde e teve que ser cancelada pela falta de energia elétrica no local.

Rastros de temporal

A região onde a delegacia está localizada foi atingida por um breve temporal no início desta tarde. A forte chuva seguiu por menos de uma hora e houve registros de queda de granizo em diferentes áreas.

Ventania durante o temporal derrubou árvores, postes, alagou ruas e deixou vários bairros sem energia elétrica. O teto do corredor de uma escola municipal da Capital desabou e acabou atingindo uma monitora de alunos.