Três pessoas – incluindo um homem de 31 anos e duas mulheres, de 32 e 41 – foram presos no sábado (11) por furto e receptação, após entrarem em uma residência localizada no Bairro Tijuca e levarem diversos pertences. Uma das suspeitas é parente da vítima.

Durante audiência de custódia, realizada nesta segunda-feira (13), o homem de 31 anos e a mulher de 32 tiveram liberdade provisória concedida, com aplicação de medidas cautelares, como proibição de contato com as vítimas, monitoramento por tornozeleira eletrônicas, comparecimento periódico em juízo e recolhimento noturno. Já a terceira envolvida, de 41 anos, pagou fiança no valor de R$ 1 mil e foi liberada ainda no domingo (12).

Conforme informações do boletim de ocorrência, a vítima de 22 anos informou aos policiais que é militar das e que estava de serviço entre a sexta-feira (10) e o sábado (11). Segundo ele, como de costume, a esposa teria passado a noite na casa dela. Pela manhã, ao chegar em casa, notou que a porta de acesso aos fundos havia sido arrombadas e vários pertences tinham sido furtados, incluindo botijão de gás, aparelho de som, micro-ondas e televisão.

O morador entrou em contato com o vizinho, que possui câmeras de segurança, e descobriu que o furto ocorreu entre 1h e 3h. Segundo ele, as imagens mostravam um casal saindo com os pertences. A esposa da vítima conseguiu reconhecer uma das suspeitas, de 32 anos, como sendo a cunhada de sua mãe.

Quando questionada pelas vítimas sobre o furto, a suspeita teria confessado o crime. Os policiais militares a questionaram sobre onde estavam os produtos furtados e ela os levou até uma casa na mesma rua das vítimas. O morador encontrado lá admitiu ter guardado alguns produtos a pedido da suspeita.

Em seguida, ele indicou outra casa onde estavam o restante dos aparelhos furtados, que também ficava na mesma rua. A moradora admitiu que guardou os produtos a pedido da suspeita. Foi dada voz de aos autores, que foram encaminhados para a delegacia.