Dois homens de 38 anos, sendo o motorista de um ônibus intersestadual e seu ajudante, foram presos na madrugada desta terça-feira (7), em Miranda, a 206 quilômetros de Campo Grande, quando transportavam cocaína avaliada em R$ 66 milhões.

O flagrante aconteceu por volta das 4h30 da madrugada pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), no km-602 da BR-262, quando o ônibus foi parado pelos agentes. Durante a fiscalização nada de ilícito foi encontrado no veículo que estava carregando 38 bolivianos. O ônibus estava a caminho de São Paulo. Como os motoristas apresentaram nervosismo ao serem questionados sobre liminar para o transporte dos bolivianos, os agentes desconfiaram.

Neste momento, foi feita uma vistoria nos pneus do ônibus e descobriu-se que os locais acima das rodas haviam sido mexidos, que seriam compartimentos, que os motoristas disseram que estariam vazios. Mas, os policiais perceberam que havia vestígios de drogas escondidas acima dos pneus.

Nos compartimentos acima dos pneus, os policiais encontraram 417 tabletes de cocaína, que totalizaram 450 quilos da droga, que foi avaliada em R$ 66 milhões. Segundo os motoristas, cada um receberia o valor de R$ 20 mil pelo transporte.