Washington Elias Reliquias de Sousa Sarmento, de 29 anos, conhecido como “Carniceiro”, foi preso nesta sexta-feira (1), em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz Fronteira com Ponta Porã, município no sul do Estado, a 315 quilômetros de Campo Grande. Ele estava com mandado de prisão em aberto por ter matado um casal em Biriguiii, no interior de São Paulo.

O crime aconteceu no último sábado (25). As vítimas Jimmy Pereira da Silva, de 21 anos, e Caroline Batista Froes, de 22 anos, foram encontrados mortos em uma casa no bairro Parque das Nações, em Birigui.

As vítimas não moravam no local. Os corpos apresentavam cortes profundos no pescoço e estavam cobertos por um lençol. Por telefone, Washington teria confessado o crime para a irmã dele, mas até o momento, não se sabe o que motivo do duplo assassinato.

O suspeito foi preso pela Polícia Paraguai durante uma abordagem preventiva. A Polícia Paraguaia abordou Washington e ao checar a documentação descobriu que ele tinha um mandado de prisão em aberto por duplo homicídio. Ele foi detido e será entregue às autoridades brasileira.