Paulo César Brunk, de 51 anos, foi morto a facadas após uma briga com um colega de trabalho, de 27 anos, em uma na cidade de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande. Um avião fretado levou os policiais até a propriedade rural de difícil acesso.

O arrendatário da fazenda procurou a avisando sobre o crime que aconteceu no último sábado (16). Ele disse que os dois homens passaram a brigar na fazenda e armados com se esfaquearam, sendo que Paulo morreu no local.

Segundo o site Diário Corumbaense, o colega de Paulo teve ferimentos leves. O corpo foi levado para o (Instituto de Medicina e Odontologia Legal). Não há informações se o autor foi