Equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros retomou nesta manhã (4) as buscas pelo pescador Uérbio Teixeira Santana, 44 anos, conhecido como “Chico”, que desapareceu nas águas do Rio Sucuriú em Paraíso das Águas, a 280 km de Campo Grande.

Quatro militares descem o rio procurando pelo pescador, que na hora do acidente estava com um amigo, de 51 anos. A dupla pescava na região conhecida como ‘alagado’ quando subiam de volta para casa, mas acabaram batendo em uma rocha submersa.

Chico pilotava a embarcação e apesar de ter coletes salva-vidas no barco, nenhum dos dois estavam utilizando. No momento da colisão, o motor teria travado, lançando a dupla para fora do barco.

O amigo chegou a ver Chico pedindo socorro e afundar duas vezes até sumir completamente. Mesmo sem noção de pilotagem, o amigo pegou a embarcação e tentou procurar pela vítima, sem sucesso, até que chegou próximo ao porto, cerca de 3 km de onde aconteceu o acidente e pediu socorro.

Populares em outras embarcações se deslocaram para o local para procurar por Chico, mas também não o encontraram. O Corpo de Bombeiro de Chapadão do Sul esteve no local e navegou alguns quilômetros pelo rio, mas também não o encontraram.

Agora, cerca de quatro mergulhadores estão no local.

Uérbio, segundo o BNC Notícias, estava treinando o filho menor de idade durante toda a semana para a montaria em carneiro, para o rodeio que aconteceu na cidade.

Minutos antes de desaparecer, ele havia enviado mensagem para a esposa avisando que estava voltando para casa para irem ao evento.

Chico é conhecido e muito querido na cidade.