O boliviano Bonifacio Choque Cruz, 49 anos, foi encontrado morto com 35 cápsulas de cocaína em seus intestinos quando tentava entrar no Brasil. O corpo foi encontrado em uma que leva a Mutún, em Puerto Suárez, na Bolívia, nessa terça-feira (5).

Conforme o site boliviano Clave 300, o corpo foi encontrado por membros de uma comunidade. Ele estava com um saco preto na cabeça entre alguns depósitos de lixo nas laterais dos trilhos do trem.

A investigação aponta que a vítima estava alojado em um quarto, com cinco pessoas em Puerto Quijarro. Ele teria sido obrigado por esse grupo a ingerir as cápsulas em troca de dinheiro. Bonifacio morreu depois que uma das cápsulas estourou em seu intestino, segundo informou o comandante Coronel Javier Lora Arandia, de Puerto Suárez, ao site da região.

A vítima começou a passar mal e foi abandonada no quarto pelo grupo, que fugiu em seguida.

Além disso, os donos da casa alugada teriam visto Bonifacio morto e colocaram seu corpo na estrada. O Ministério Público ordenou a prisão dos mesmos. O caso é investigado pela Força Especial de Combate ao Narcotráfico, que busca a identificação do grupo envolvido.

A família da vítima foi até o local para resgatar o corpo e levá-lo para o departamento de Potosí.

Saiba Mais