Armas de fogo e carcaças de capivara foram apreendidas na última quinta-feira (07) em Porto Murtinho – a 438 quilômetros de , pela (Polícia Militar Ambiental) apreendeu. De acordo com a polícia, durante patrulhamento fluvial na região do Nabileque, em , a PMA de Porto Murtinho visualizou uma embarcação atracada, na margem brasileira do rio Paraguai. Ao se aproximarem,para realizar a fiscalização ambiental, devido ao período de piracema, de acordo com a polícia, um dos três homens, ao notar a presença da equipe policial, fugiu em meio à vegetação.

A guarnição então realizou a abordagem e localizou, durante a vistoria, duas capivaras abatidas no interior da embarcação, bem como armas de fogo e munições na vegetação que se encontrava próxima ao barco.

Indagados, os homens, de naturalidade paraguaia, tiveram dificuldade para dialogar, uma vez que se comunicavam misturando o português com o guarani, sendo possível apenas compreender que não possuíam documentação referente ao armamento ou que lhes autorizasse o porte de de fogo.
Além disso, informaram que os animais abatidos seriam para consumo próprio e não souberam informar o motivo pelo qual o terceiro homem havia fugido.

Ainda segundo a polícia, pelo fato da abordagem ser sido realizada em uma região remota, localizada a 135 km da cidade de Porto Murtinho, os autores foram devidamente qualificados e foi realizada a apreensão de 03 armas de fogo, sendo 01 rifle calibre 762 com 10 munições, 01 rifle e 01 revólver calibre .22 com 07 munições, todas intactas, que foram encaminhadas à de Polícia Civil para os procedimentos legais cabíveis.

Saiba Mais