A polícia foi chamada a uma tapeçaria em , neste fim de semana, após uma menina de 15 anos entrar no local aos prantos pedindo por ajuda, dizendo que seu pai teria tentado estuprá-la. O caso foi registrado na (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

O caso aconteceu no sábado (25) e, segundo informações, a menina chegou à tapeçaria por volta das 13 horas e disse que o pai entrou em seu quarto dizendo que faria sexo com ela. A adolescente disse que não e a madrasta da vítima chegou junto de seu irmão mais novo, momento em que a menina aproveitou para correr.

Ela pediu ajuda para a madrasta que não acreditou na enteada. A garota correu pelas ruas. A menina disse para os policiais que em data anterior seu pai já havia tentado estuprá-la. Os policiais chegaram a ir até a casa da vítima, mas não encontraram o autor.