Mulher de 43 anos, diagnosticada com esquizofrenia, foi vítima de agressões pelo padrasto nesta semana, em . Ele acabou detido em e foi solto nesta quarta-feira (8), com tornozeleira eletrônica.

Conforme as informações da polícia, o homem é americano e vive no país. Ele é casado há aproximadamente 20 anos e tem uma enteada com esquizofrenia.

No dia do crime, a esposa teria saído da casa e, quando voltou, encontrou a filha com o rosto ensanguentado. O homem tentou alegar que a vítima queria sair de casa e brigou com ele, que reagiu dando um soco.

Porém, a afirma que a filha é pacífica e não costuma revidar agressões. Na audiência de custódia, a juíza plantonista Eliane de Freitas Lima concedeu a liberdade provisória.

O acusado foi liberado com monitoração eletrônica e deve ficar a 300 metros distante da vítima. Também foi determinado encaminhamento para o (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante).

Saiba Mais