Um detento, de 22 anos, vulgo ‘Menor’, fugiu de uma escolta policial hospitalar de dentro da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de , cidade a 250 km de Campo Grande.

Conforme apurado pela reportagem, a aconteceu na noite de sábado (14), por volta das 22h, enquanto uma equipe do GEP (Grupamento de Escolta Penitenciária), fazia o serviço no local.

Não foi informado o motivo do preso estar na unidade de saúde, apenas que dois policiais faziam a escolta. O detento teria sido algemado no tornozelo, mas que se soltou e fugiu.

‘Menor’, foi preso em junho deste ano e estava custodiado na Penitenciária Estadual de Dourados. Ele tem passagens por tráfico de drogas, denunciação caluniosa, furto e desacato.

Foi apurado ainda que recentemente houve fuga de outro preso, que acabou recapturado.

GEP são servidores de carreira treinados e habilitados, os trabalhos consistem na escolta de saúde e transporte de presos em consultas e exames diagnósticos agendados, bem como, custódias hospitalares e vigilância das muralhas em estabelecimentos penais do estado.

Além disso, desenvolvem ações de segurança durante movimentações de presos, envolvendo transferências, progressões de regime e escoltas de saúde executadas.

Em nota, a (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) informou que “por meio de sua Corregedoria-Geral, instaurou procedimento administrativo disciplinar para apurar o caso”.