Foi pronunciado o autor do assassinato de Paulo Aguirre Benites, de 39 anos, crime cometido em outubro de 2016. Paulo foi encontrado morto embaixo de uma ponte de madeira em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande.

Na denúncia, o (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) apontou que o crime aconteceu por volta das 4 horas do dia 25 de outubro de 2016. O homicídio foi cometido por motivo fútil.

Ainda conforme a denúncia, autor e vítima trabalhavam na mesma fazenda. Então, o autor realizou uma pequena plantação em uma área da fazenda, que foi destruída a mando do então gerente.

Com isso, o autor soube que Paulo teria destruído a plantação e disse que o mataria. Assim, no dia do crime o acusado esperou Paulo em uma vicinal, sabendo que ele passava por ali para ir até o trabalho.

Então, atirou contra a vítima que estava de moto. Paulo foi encontrado embaixo de uma ponte e a suspeita inicial da polícia era de que teria caído e morrido em um acidente.

No entanto, exames periciais indicaram que ele tinha sido morto a tiros. A denúncia foi feita pelo MPMS em 2019 e, só em fevereiro deste ano, o autor foi pronunciado.

Assim, ele deve ser julgado por júri popular.