Uma moradora do bairro Defensores Del Chaco, em , conhecida como Lili, recebeu um bilhete juntamente com dois projéteis não deflagrados nesse domingo. As ameaças foram deixadas durante uma tentativa de incêndio criminoso a uma residência.

A vítima é sobrinha de Fany Carolina Chávez, uma mulher que foi sequestrada durante o mês de julho. Em seguida, ela foi encontrada morta na fronteira com , no Mato Grosso do Sul.

Segundo informações do subcomissário da Polícia Nacional, Pedro Rodríguez, a tentativa de incêndio e também o bilhete deixado pelo homem que se autodenominou ‘Sicário de La Fronteira’ (Pistoleiro da Fronteira) será investigada pela de Pedro Juan.

Saiba Mais