VÍDEO de prisões mostra o interior de imóvel que um dia já foi comércio em frente à antiga rodoviária

Operação Saturação com a Polícia Militar foi realizada na noite desta sexta-feira (10), na região da antiga rodoviária de Campo Grande
| 10/06/2022
- 22:15
VÍDEO de prisões mostra o interior de imóvel que um dia já foi comércio em frente à antiga rodoviária
Polícia durante operação no local (divulgação)

Vídeo realizado pela PM (Polícia Militar) - durante Operação Saturação - na noite desta sexta-feira (10), mostra o abandono, tráfico de drogas e sujeira dentro de um imóvel que um dia já funcionou como comércio na Rua Barão do Rio Branco, em frente da antiga rodoviária de Campo Grande, no Bairro Amambai. As imagens retratam o cenário da região que é de conhecimento público há anos.

Na noite desta sexta-feira (10), policiais foram ao local e prenderam quatro homens e apreenderam fios furtados. Nas imagens, aparecem os detidos de costas e é possível ver a sujeira dentro do imóvel, que inclusive já funcionou como comércio, principalmente quando a rodoviária era local movimentado com os embarques e desembarques de passageiros rumo a outras cidades, estados ou então dos coletivos da Capital.

Grupo decreta fim da cracolândia na região

Um grupo realizou mutirão de limpeza na região da antiga rodoviária de campo Grande, no último dia dia 6 de maio e "decretou" o fim da cracolândia na região. A ação contou com pessoas que atuam na administração do prédio, moradores do entorno, policiais militares, guardas municipais e até servidores da , que levaram um caminhão basculante da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) e recolheram sujeira e entulhos. Cansados do convívio com usuários de drogas, da sujeira e odor fétido na antiga rodoviária, com o mutirão, os voluntários conseguiram deixar o local quase irreconhecível.

A ação contou com pessoas que atuam na administração do prédio, moradores do entorno, policiais militares, guardas municipais e até servidores da prefeitura, que levaram um caminhão basculante da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) e recolheram sujeira e entulhos.

na antiga rodoviária

Processo de licitação finalizada prevê obra avaliada em R$ 16,5 milhões para a reforma da antiga rodoviária, que leva o nome de Terminal Rodoviário Heitor Eduardo Laburu e foi inaugurada da década de 1970. Segundo a administração municipal, a obra vai reformar 5,1 m² da área pública do prédio e construir mais de 1 mil m² de área nova em dois andares.

Na Rua Joaquim Nabuco, entre as antigas plataformas de embarque e desembarque dos ônibus do transporte inter-municipais e estaduais, haverá novo espaço para a Guarda Civil Metropolitana e a Funsat.

A outra área pública que margeia a Rua Vasconcelos Fernandes, antigo terminal de ônibus do transporte coletivo, será transformada em área de estacionamento no horário comercial.

O economista Heitor Laburu foi quem venceu processo licitatório lançado pela prefeitura em 1968. Junto com o irmão, Luiz Alberto Laburu, pagaram 1 milhão de cruzeiros na época para construir o terminal.

Durante anos 80, o prédio foi o principal centro comercial de Campo Grande e é considerado o primeiro shopping da cidade.

O local funcionou como rodoviária até 2010, quando Campo Grande ganhou um novo terminal, na Avenida Gury Marques.

Vídeo dentro do imóvel durante as prisões

Veja também

Ofícios com pedidos de ajuda foram encaminhados para autoridades

Últimas notícias