Foi preso na manhã desta quinta-feira (8) o homem de 33 anos, torcedor do apontado pela polícia como autor da tentativa de homicídio contra torcedores flamenguistas no dia 2 de agosto. A confusão entre as torcidas organizadas aconteceu na região da Vila Carvalho, nas proximidades das duas sedes.

Conforme o delegado Antônio Ribas Junior, da 1ª Delegacia de Polícia Civil, nesta manhã foram cumpridos mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva. O suspeito foi encontrado em casa, no Los Angeles, mas a usada no crime não foi localizada. Ele ainda negou os fatos.

Na delegacia, ele teria alegado que estava no P9, na torcida organizada do Corinthians assistindo ao jogo, mas que não esteve na confusão entre os torcedores. Ele foi indiciado pelas tentativas de homicídio e passa por audiência de custódia na sexta-feira (10).

Três pessoas foram feridas a tiros

Conforme nota divulgada pela polícia, o suspeito feriu com disparos dois torcedores do Flamengo, mas também um torcedor do Corinthians. Este último sofreu um ferimento nas costas. Após o conflito entre as torcidas, tanto as vítimas quanto testemunhas foram ouvidas pela polícia e, assim, o autor foi identificado.

Torcedor atirou durante conflito

O vídeo enviado ao Midiamax mostra o momento em que torcidas de Flamengo e Corinthians entram em confronto em . A aconteceu na alça de acesso da Avenida Salgado Filho à Avenida Ernesto Geisel, na região da Vila Carvalho, nas proximidades das duas sedes das torcidas.

As imagens mostram um grupo de corintianos na parte mais alta da via e os flamenguistas abaixo. Os dois grupos se agridem jogando objetos uns nos outros. Dois torcedores do Flamengo foram feridos com disparos de arma de fogo, sendo um, que ficou em estado mais grave, atingido no abdômen.