A funkeira paulista Tati Zaqui interrompeu um show que acontecia em Ponta Porã (MS), na fronteira com Pedro Juan Caballero, em Ponta Porã (MS), no último sábado (9). Ela teria abandonado o palco diante da ameaça de policiais, que estariam armados com fuzis.

Segundo informações publicadas pelo colunista Léo Dias, do Jornal Metrópole, a apresentação de Tati foi interrompida às pressas por policiais armados com fuzis, que mandaram a cantora parar com a apresentação. A artista se assustou e deixou o palco junto de sua equipe. Segundo relatos, uma troca de tiros também ocorreu no local.

Imagens de um vídeo mostram Tati Zaqui cantando quando o foco da câmera é alterado para dois policiais, um deles portando um fuzil, que bate a arma apontada para o palco em uma caixa, gritando palavrões.

Em outra gravação, a cantora parece se assustar com a situação e sai correndo do palco, sendo seguida por sua equipe. Posteriormente, os policiais ainda tiraram os cabos de som do show.

A reportagem do Midiamax entrou em contato com a Polícia Civil, mas até o momento ninguém se manifestou. Além disso, nenhum boletim de ocorrência foi registrado. Por outro lado, até o momento, ninguém da equipe da funkeira paulista se pronunciou sobre o caso.