Polícia

Sucessor de Minotauro ‘ganha’ da Justiça autorização para passar temporada na praia

Edson teve autorização para passar temporada em Balneário Camboriú até dia 15 de janeiro

Thatiana Melo Publicado em 12/01/2022, às 11h35

None

Mais uma vez Ederson Salinas Benitez, sucessor do ‘Minotauro’ passou uma temporada na praia, autorizado pela Justiça. Ederson teve autorização para passar 20 dias em Balneário Camboriú, em Santa Catarina. Ele deve retornar no dia 15 de janeiro deste ano. 

A autorização foi dada no dia 17 de dezembro de 2021, por estar cumprindo com todas as obrigações legais a ele imposta. A autorização foi dada pela juíza Thielly Dias de Alencar, da 2º Vara Criminal de Ponta Porã, e Ederson deverá retornar no dia 15 de janeiro deste ano. Em 2020, ele também teve autorização para passar o fim e ano na praia retornando no dia 7 de janeiro.

Ederson foi preso em 19 de janeiro de 2020, em uma ação de policiais da Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos) e Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) de Campo Grande, que atuavam na região de fronteira. Naquele dia, ele se envolveu em uma briga de trânsito e acabou preso com arma ilegal e ainda dinheiro sem procedência.

Após a prisão, foi descoberto que ele usada identidade falsa, se apresentando inicialmente como Edson Barbosa Salinas. Com a descoberta da real identidade de Ederson, a Polícia Federal chegou a se manifestar, alegando que ele era investigado por ser liderança do PCC e foi feito pedido de alerta por conta da prisão.

Após um mês de sua prisão, ele ganhou a liberdade com pagamento de fiança de R$ 80 mil. A liberdade foi concedida com medidas cautelares como não se ausentar da cidade sem prévia autorização, recolhimento domiciliar no período noturno e comparecimento mensal ao juiz.

Jornal Midiamax