El Patrón: primo do 'chefe' de quadrilha de narcotraficantes é preso pela polícia em MS

Autor fazia parte da organização criminosa, ele atuava como o gestor financeiro, responsável por “lavar” o dinheiro do tráfico de drogas
| 04/02/2022
- 21:39
El Patrón: primo do 'chefe' de quadrilha de narcotraficantes é preso pela polícia em MS
(Foto: Divulgação/PCMS)

Durante desdobramento da Operação El Patrón, a (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), realizou a prisão de um integrante de uma quadrilha de narcotraficantes, identificado como Ronei Amarila. Autor estava com mandado de prisão em aberto e foi localizado em Maracaju, a 159 quilômetros de Campo Grande.

A Operação foi deflagrada em dezembro do ano passado. Na época, a polícia conseguiu desarticular uma organização criminosa que agia em várias cidades e tinha um patrimônio estimado em R$ 15 milhões, entre bens e movimentações financeiras.

Ronei fazia parte da organização criminosa, ele atuava como o gestor financeiro, responsável por “lavar” o dinheiro do tráfico de drogas. O grupo era comandado por Rondineli Amarila Herrera, 42 anos, conhecido como “patrão”, primo de Ronei.

A prisão ocorreu depois que levantamentos foram realizados pela Defron, que pediu a prisão preventiva de Ronei por tráfico de drogas, associação para o tráfico, organização criminosa e lavagem de capitais. A medida foi cumprida na última terça-feira (1º) pela Defron que contou com o apoio da Polícia Civil em Maracaju. Ronei foi localizado em sua residência.

Investigações

As investigações começaram depois que o DOF (Departamento de Operações da Fronteira) apreendeu 33 toneladas de drogas, na MS-156, em Maracaju. Os entorpecentes estavam em uma carreta, um homem de 45 anos que dirigia o veículo foi preso.

Veja também

Últimas notícias