Presidente de associação, ‘Dr. Cannabis’ é ferido a tiros em ataque na fronteira

Ele foi ferido a tiros em uma loja
| 16/03/2022
- 18:42
Atentado aconteceu na fronteira de MS
Atentado aconteceu na fronteira de MS - (Divulgação)

Nesta quarta-feira (16), advogado e também jornalista conhecido como ‘Dr. Cannabis’ foi ferido a tiros em uma tentativa de execução em (PY), cidade de fronteira com Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande.

Conforme as primeiras informações, o homem que é presidente da Apacam (Associação Paraguaia de Apoio Cannabis Amambay) foi ferido a tiros por um na região central da cidade. Ele foi socorrido em estado grave.

Disputa política

No início do mês, mais de 200 famílias paraguaias, que moram em Pedro Juan Caballero, denunciaram perseguição por parte do prefeito Jose Carlos Acevedo. Ele queria proibir a distribuição gratuita do óleo do cannabis para fins medicinais.

A distribuição do produto é feita pela Apacam e, segundo informações do presidente da entidade, a decisão de Acevedo atende a interesses de grupos farmacêuticos que atuam na cidade.

O advogado já havia alertado no fim do ano passado que havia “forças ocultas” tentando desestabilizar o trabalho da entidade, fazendo ameaças a ele, seus familiares e pessoas cadastradas na entidade.

“Estamos encerrando temporariamente nossas atividades por conta dessa perseguição do intendente. Mas não vamos parar nosso trabalho”, disse. “Desde a fundação da associação começamos uma nova luta, de continuar salvando vidas. E desta vez precisamos da ajuda de todos vocês associados, familiares, colaboradores, todos que defendem a importância do acesso à cannabis para quem precisar”.

Veja também

A Polícia Militar Rodoviária apreendeu 5,3 toneladas de maconha em Ponta Porã, cidade a 298...

Últimas notícias