Polícia apura motivação para execução de dono de lava-jato na Avenida das Bandeiras

Atirador estaria a espera da vítima, segundo testemunhas
| 30/05/2022
- 18:53
Polícia apura motivação para execução de dono de lava-jato na Avenida das Bandeiras
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Sem descartar nenhuma possibilidade sobre a morte de Luiz da Conceição Tierre, executado a na manhã da última sexta-feira (27), na Avenida das Bandeiras, em Campo Grande, a Polícia Civil está em busca dos suspeitos para descobrir a motivação do crime. Um eletricista de 33 anos, identificado como Adriano Medeiros, também morreu atingido pelos disparos.

"Não da para descartar nenhuma possibilidade, desde agiotagem, crime passional, problema com locação de carro ou não pagou o carro de alguém", disse o delegado Rodolfo Daltro, da 5ª Delegacia de Polícia, que investiga o caso.

O atirador estaria a espera da vítima, segundo testemunhas. A Polícia trabalha para identificar o suspeito dos disparos que ainda não foi localizado.

O atirador chegou ao local por volta das 6h30 e começou a fazer disparos contra o dono do lava-jato, que estava em um veículo Ford Fusion. A vítima saiu do carro quando os disparos começaram sendo atingido na cabeça.

Um eletricista que passava pelo local no momento dos disparos foi atingido embaixo da axila, derrapando a motocicleta que pilotava e caindo alguns metros a frente. O corpo estava a 60 metros de distância do dono do lava-jato.

O funcionário do lava-jato que manobrava um veículo Prisma teve o carro atingido por disparos, mas não se feriu.

Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas as já estavam mortas. Equipes do GOI (Grupo de Operações e Investigações) foram acionadas para o local.

Veja também

Polícia Civil prendeu homem por uso de documento falso e furto qualificado em Campo Grande,...

Últimas notícias