Foi identificado um homem de 27 anos, acusado de extorquir mulheres no golpe do falso acidente, nas proximidades do Shopping Campo Grande. Ele exigia Pix de R$ 100 a R$ 400 das vítimas.

Segundo a Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furto), ao menos quatro pessoas foram vítimas do autor entre maio e outubro deste ano. As vítimas eram na maioria mulheres.

Ainda conforme a polícia, o motoentregador abordava as motoristas repentinamente, no período noturno, no trânsito. Ele dizia que tinha sofrido acidente provocado pelas vítimas e fazia ameaças.

De forma agressiva, ele exigia pagamento mediante Pix, para arrumar o retrovisor da moto. “A gente não vai sair daqui até você transferir o valor”, teria dito para uma das vítimas.

Com isso, as pessoas acabavam transferindo o dinheiro. Essas vítimas normalmente estavam sozinhas nos carros.

Identificado, o autor foi interrogado e confessou os crimes. Ele foi indiciado por extorsão e a polícia busca outras vítimas do golpe.