Wildislaine Andrade Galvão, de 29 anos, é a 43ª pessoa que morre só em 2022 no trânsito de Campo Grande. Ao total, são 30 motociclistas, segundo os números da Agetran (Agência Municipal de Transporte de Trânsito). A vítima deixa cinco filhos.

O acidente ocorreu no final da tarde desse sábado, por volta das 17h, quando Wildislaine seguia em uma Honda Fan pela Avenida Thyrson de Almeira, no bairro Guanandi, mas, quando estava próximo da avenida Georges Chaia, foi atingida por um veículo VW Gol. O condutor, que estaria em alta velocidade, fugiu do local sem prestar socorro à vítima.

Testemunhas relataram à polícia, que a motociclista seguia pela via sentido Bairro/Centro quando foi atingida pelo carro na traseira. O veículo teria perdido o controle em uma curva já que estava em alta velocidade.

Ainda conforme relatos de testemunhas, no carro estavam um homem e uma mulher, porém não foi possível identificar quem estava ao volante. O marido da vítima esteve no local e informou que a esposa havia acabado de sair de casa para visitar uma amiga.

Não foi possível anotar a placa do carro, mas segundo boletim da Polícia Civil há um radar 100 metros após o local da batida e esse poderá ajudar nas investigações.

Corpo de Wildislaine após acidente (Foto: Fala Povo)