Padrasto de 27 anos e mãe de uma criança foram presos por estupro de vulnerável nesta quarta-feira (09), em uma cidade do interior de Mato Grosso do Sul, que não será identificada para não expor a vítima.

Equipe da da cidade, junto com a Polícia Militar, cumpriram mandados de temporária contra o homem de 27 anos, suspeito de estupro de vulnerável contra sua enteada. A mãe da criança também foi presa suspeita do estupro de vulnerável na modalidade de omissão imprópria. Os mandados foram expedidos após representação da autoridade policial nos autos do inquérito que tramita na delegacia.

O casal residia em uma fazenda a 65km da zona urbana da cidade, onde foram cumpridos os mandados de prisões. No momento da prisão, o investigado foi surpreendido em posse irregular de uma arma de fogo.

Foi dada voz de prisão em também pela arma de fogo, sendo o casal conduzido para a Delegacia de Polícia, local onde ficarão recolhidos à disposição do Poder Judiciário.