Foram identificados como Eva Mariza Sosa Campuzano e Rafael Ramón Maidana, ambos de 21 anos e de nacionalidade paraguaia, as duas vítimas encontradas carbonizadas em um Toyota Premio na fronteira. O veículo foi encontrado incendiado na região de Canindeyú, Paraguai, no distrito de Villa Ygatimi, a aproximadamente 40 quilômetros de Mato Grosso do Sul, na região de Paranhos, nesta terça-feira (3).

Os dois são moradores da cidade de Presidente Franco, departamento do Alto Paraná, no Paraguai. Os dois foram encontrados por volta do meio-dia, em uma estrada vizinha da comunidade chamada Tacuaremboy, no distrito de Villa Ygatimi.

Tanto Eva quanto Rafael estavam hospedados em um hotel junto com um casal de brasileiros. O casal estava no hotel no momento em que os dois foram mortos. A suspeita é que o crime esteja ligado ao tráfico de drogas. A polícia paraguaia investiga o caso.