Na manhã desta quarta-feira (7), Polícia Militar e Polícia Civil cumpriram mandado em um , na região central de . O estabelecimento funcionava sem alvará e foi identificada ligação clandestina de elétrica.

Conforme as informações da polícia, os mandados foram deferidos em inquérito sobre furto de uma televisão dentro de uma igreja, na região central da cidade. Após o furto, foi identificada receptação do aparelho pelos responsáveis pelo hotel.

Assim, nesta quarta estiveram no hotel equipes da 1ª Delegacia de Polícia Civil, 1º Batalhão da Polícia Militar e equipe do Canil do Batalhão de Choque. No imóvel foi identificada a ligação clandestina de eletricidade, um ‘gato'.

A princípio o hotel funcionava sem alvará e não estava em condições para acomodação de clientes. A suspeita é de que no local funcione ponto de consumo de drogas e prostituição, o que é investigado.

Os responsáveis não foram encontrados, mas já foram identificados. Equipe da acabou acionada para realizar o corte da ligação clandestina.

Pelo fato, foi registrado boletim de ocorrência por furto de energia.