Homem é resgatado após ser torturado por 4 horas durante tribunal do crime do PCC

Homem seria suspeito de ter abusado de uma menina
| 12/06/2022
- 16:55
Homem é resgatado após ser torturado por 4 horas durante tribunal do crime do PCC
(Ilustrativa)

Um homem de 40 anos foi resgatado por policiais da cidade de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, depois de ser torturado por quatro horas por membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Ele seria de ter abusado de uma menina.

Os policiais foram acionados depois que coordenador da empresa teria enviado um vídeo aos militares, onde o funcionário da empresa era torturado por algumas pessoas. No vídeo aparecia uma mulher que estava usando tornozeleira eletrônica. A mulher seria mãe da menina que teria sido abusada.

Foi feito, então, contato com a unidade mista de monitoramento virtual do Estado para conseguir a localização da tornozeleira usada pela mulher, e assim, localizar a vítima que estava sendo julgada pelo do PCC. Quando os policiais chegaram a casa visualizaram vários membros da facção por uma fresta no muro.

Ao perceberem a presença da polícia, eles fugiram para dentro da residência. Quando entraram, os policiais civis encontraram a vítima no sofá com vários ferimentos, e com um dos braços quebrados.

A vítima disse que foi torturada por cerca de 4 horas pelos autores. Cinco pessoas acabaram presas em flagrante sendo levadas para a delegacia. A ação contou com apoio da Polícia Penal.

Veja também

Últimas notícias