Uma mulher de 51 anos, cadeirante, foi resgatada nessa quarta-feira (12), em Campo Grande, no Bairro Vila Moreninha, após ser abandonada por dois dias pela filha de 22 anos, em uma residência sem condições de moradia.

A da cadeirante foi visitá-la e ouviu gritos de socorro vindos do interior da casa. Com medo da filha estar ferida, a mulher chamou por moradores para ajudá-la, mas a porta estava trancada. O cadeado foi quebrado e a polícia acionada.

Quando os policiais chegaram ao local, encontraram a casa sem condições de habitação, com lixo espalhado pelos cômodos. A vítima estava chorando e contou que a filha a tinha deixado sozinha há dois dias. Ainda segundo a mulher, fazia dois dias que não comia e nem bebia água.

Sem condições de ir ao banheiro, a cadeirante acabou fazendo suas necessidades nas roupas. Ela tinha hematomas pelo corpo que, segundo a vítima, foram causados por agressões da filha.

A vítima foi socorrida e levada para a (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e pediu por medidas protetivas. A filha da mulher não foi encontrada.